PONTOS DE YEMANJÁ
PONTOS DE YEMANJÁ

IEMANJÁ

 

 

 CABOCLA DO MAR


Quando as águas do rio
Encontrarem as ondas do mar
Eu farei um pedido
Pra Cabocla na areia firmar
A lua no céu clareou
Os filhos de Yemanjá
Salve a mãe sereia
Saravá a Cabocla do Mar.


Pontos de Linha


 1.
Yemanjá é a rainha do mar 4x
Salve o povo de Aruanda
Salve meu Pai Oxalá
Salve Oxóssi, salve os guias
Salve Ogum Beira Mar
Yemanjá
Yemanjá é a rainha do mar 4x
Vai ter festa na Aruanda
Vai ter reza no Cantuá
Vai ter gira a noite inteira
E muitas flores no mar
Yemanjá


 2.
Eu fiz um pedido à mamãe Sereia
A Yemanjá, para nunca mais penar
Foi na areia, numa noite linda
Na areia branca do mar
Oh lua clara no céu
Iluminou seu divino manto, Sereia.
Oh rainha do mar, Sereia.
Oh mamãe Yemanjá, Sereia.
Oh rainha do mar, Sereia.


 3.
Mãe d’água, rainha das ondas Sereia do mar
Mãe d’água, seu canto é bonito
Quando faz chuá
Êh, Yemanjá
Rainha das ondas, sereia do mar
Como é lindo o canto de Yemanjá
Sempre faz o pescador chorar
Quem escuta a mãe d’água cantar
Vai com ela pro fundo do mar


 4.
Eu vou à praia grande, eu vou pro mar
Levar botões de rosas à Yemanjá
Eu vou à praia, vou riscar ponto na areia
Vou pedir à Mãe Sereia
Todas as forças do mar
Que nos proteja
Com seu manto inteiro branco
Que nos cubra com os encantos
Que tem as ondas do mar


 5.
Quem quiser viver sobre a terra
Quem quiser viver sobre o mar
Do mar salve as sereias
Salve as ondinas do mar
Ruê, ruê, ruê, ruá, ruá, ruá, Yemanjá


 6.
Saia do mar, linda sereia
Saia do mar, venha brincar na areia
Saia do mar, sereia bela
Saia do mar, venha brincar com ela


 7.
Salve as conchinhas de prata
Salve quem aqui está
Salve a Mãe Sereia
Rainha, Mãe Yemanjá.

 
  8.
Eu fui na beira da praia
Pra ver o balanço do mar
Eu vi um retrato na areia
Me lembrei da sereia
Comecei a chamar
Oh Janaína vem ver
Oh Janaína vem cá
Receber suas flores
Que venho lhe ofertar

 
 9.
Vamos saravar mãe Yemanjá
Vamos todos juntos jogar flores no mar
É do mar, é do mar, é do mar
É do mar minha mãe sereia
É do mar, é do mar, é do mar
É do mar, é nas águas, é nas areias
Vamos saravar mãe Yemanjá
Vamos todos juntos jogar flores no mar
É do mar, é do mar, é do mar
É do mar minha sereia
Papai risca ponto nas pedras
Mamãe risca ponto na areia


10.
O que é que me deram para levar
Pra dona Janaína no fundo do mar?
Frasco de cheiro, laço de fita
Pra dona Janaína que é muito bonita


 11.
A onda do mar rolou
Saravá a rainha do mar
Saravá minha mãe Yemanjá
Mamãe Yemanjá

 
 12.
Filha de Yemanjá, toda de azul
Filha de Yemanjá, de corpo azul


 13.
Yemanjá é sereia do fundo do mar
Yemanjá, Yemanjá
Trabalha na areia junto com Beira-Mar
Ogum-yê, Ôdoiá
Rainha sereia, minha mãe Yemanjá


 14.
Retira a jangada do mar
Mãe d’água mandou avisar
Que hoje não pode pescar
Pois hoje tem festa no mar
Ê Ê Ê Ê Ê Ê Yemanjá
Ela é, ela é a rainha do mar
Traz pente traz espelho Ô Ô Ô Ô
Pra ela se enfeitar Ô Ô Ô Ô
Traz flores traz perfume e enfeita todo mar
 15.
A lua branca traz o mar
Para lhe enfeitar
Ela quer amor, ela quer a paz
Ela é harmonia em todo lugar
Filha de Yemanjá, Odocia
Filha de Yemanjá, vamos saravar
Ela é alegria aonde vai
No seu coração ela traz a paz
A lua branca traz o mar
Para lhe enfeitar

 
 16.
E vem, vem, vem e vem beirando o mar
E vem a mãe Sereia para todo o mal levar
Chegou, chegou, chegou a mãe sereia
Para todo o mal levar
E foi , foi, foi e foi beirando o mar
E foi a Mãe Sereia para todo o mal levar


 17.
Eu sou filha de Yabá
Yabá é minha mãe
A rainha do tesouro
Oh doce Yabá no fundo do mar 3x


 
 18.
Yemanjá sobá, baba ebô
Baba ebô Yemanjá, baba ebô


 19.
Yemanjá, sereia bonita, rainha do mar
Sereia bonita, rainha do mar, Yemanjá
Como é lindo o canto de Yemanjá
Ela faz o pescador chorar
Quem escuta a mãe d’água cantar
Vai com ela pro fundo do mar 20.
A estrela brilhou lá no alto mar
Quem vem nos salvar é nossa mãe Yemanjá


 21.
Botei meu barco n’água para navegar
Pedi licença à primeira embarcação de Yemanjá
Yemanjá, ô Yemanjá,
Rainha das águas é Yemanjá

22.
Yemanjá, Yemanjá, Yemanjá
Venha me ajudar, Odoiá
Vem nas ondas do mar


 23.
Sou filho do mar, das ondas do mar
Da espuma do mar, sou filho do mar
Minha mãe Yemanjá, Yemanjá minha mãe
Rainha ela é do mar


 24.
Yemanjá coroou é de arariou
É de doce malembe é de arariou


 25.
Yemanjá ô
Iô cindô rê rê Yemanjá


 26.
Uma estrela lá no céu brilhou
E o clarão refletiu no mar
Era uma estrela guia
Que refletia o lindo manto de Yemanjá
Yemanjá, Yemanjá, Yemanjá.
Se nessas águas eu pudesse navegar
Eu traria um pedacinho do seu manto
E essa luz que brilha em seu olhar


 27.
Com uma dúzia de velas,
Numa noite tão linda
Eu fui para o mar, rezando e chorando...
Fazer meus pedidos para Yemanjá
Ô Yemanjá, venha me ajudar
Ô mãe Oxum, venha me salvar
Sou peregrino trazendo flores
Frutas e velas pra mãe Yemanjá


 28.
Ajoelhei-me na beira da praia
Pra pedir proteção a minha mãe Yemanjá
A água que me batia, Yemanjá respondia
Filho vou te ajudar.


 29.
Yemanjá, Yemanjá.
Sou pescador, moro nas ondas do mar...
Também sou filho de Yemanjá
Quero morrer no mar
Nos doces braços de Yemanjá


 30.
Quem vem vindo na crista da onda
É sereia, rainha do mar
Quem vem vindo na crista da onda
É sereia, mamãe Yemanjá
Vem senhora das águas do mar
Abençoe esse nosso Congá


31.
Oh, como é lindo as flores brancas de Yemanjá
Chegou a hora
Vindes com Deus e Nossa Senhora Yemanjá
Um buquê de rosas brancas, ê ê
Vou levar pra Yemanjá, ê á


 32.
A minha mãe é mãe de mesa
É a rainha do mar
Pede a Deus a proteção
Para seus filhos salvar


 33.
Yemanjá, Yemanjá,
No fundo do mar tem areia
Areia do fundo do mar
Em cima do mar tem as ondas
Ondas que vão me levar
Num barco enfeitado de flores
Pra ouvir a sereia cantar


 34.
Mãe, mãe, mãe
Por que é que tu vives no fundo do mar?
Eu sou a mãe sereia, rainha de Oxalá
Eu venho trazer forças
Para os meus filhos salvar


 35.
Brilhou, brilhou, brilhou, brilhou no mar
O manto da nossa mãe Yemanjá
Brilhou, brilhou no mar
E agora vai brilhar nesse Congá


 36.
Como está tão lindo o altar
Com as flores de nossa mãe Yemanjá
Salve a caridade pura
Salve a sereia do mar


 37.
Sereia, sereia, como ela nada no mar
Se minha mãe é sereia, oh sereia


 38.
Se as ondas do mar são verdes
Me leva pro fundo do mar
Sereia, sereia...
Sereia é a mãe Guiomar


 39.
Em cima de uma pedra
Em cima da pedra, outra pedra
Embaixo da pedra tem areia
Quem manda no mar sereia

40.
Como ela nada no mar
Com as ondas bem fundas
Como ela nada no mar


 41.
A sereia canta, os peixinhos nadam
Levando o barco de Yemanjá
Ê ê ê á


 42.
Sereia, sereia, minha rainha do mar
Todo o mal de seus filhos, sereia
Leva para o fundo do mar


 43.
Minha mãe é sereia, rainha do mar
Oh sereia tá no mar
Sereia tá no mar, sereia tá no mar


 44.
Sereia, sereia
Olha a sereia que nada no mar
Ela é dona do reinar


 45.
É vem, é vem, é vem, e vem beirando o mar
E vem a mãe sereia, chegou beirando o mar
Chegou, chegou, chegou, chegou a mãe sereia
Pra nos auxiliar
Baixou, baixou, baixou, beirando o mar
Baixou a mãe sereia pra todo o mal levar



 46.
Minha jangada de vela
Corre um vasto do mar
De dia o vento é na terra
De noite o vento é no mar
Remai! Remai!
Nossa Senhora da Luz
Mãe do povo do mar
Levai a vossa barquinha
Pra Jesus adorar
Remai! Remai!

 47.
Veio navegando pelas ondas do mar
Para saravar no recinto de Yemanjá
Viva mamãe Oxum, viva a sereia do mar


 48.
No clarear de uma manhã
Eu tive um sonho tão bonito
Sonhei que as águas de Yemanjá
Me transportavam ao infinito
De suas águas generosas
As suas mãos me estendeu
E na carícia das marolas
A minha alma adormeceu


 49.
Que caminho de espinho
Que caminho de areia
Saravá mãe Yemanjá
Nossa Senhora das Candeias


 50.
Ela é uma flor nos jardins do Senhor
Ela é uma Rosa, uma rosa em botão
Ela é toda a pureza, ela é toda ternura
Ela é todo Amor, ela é Senhora da Conceição

51.
Adormeceu, sob o amparo da mãe d’água
Sentindo o amor que não se esgota
Dessa fonte que é Deus, Yemanjá,
Doce Yemanjá
Sou pequenino grão de areia
Na imensidão desse seu mar
É a tua luz que me clareia
O caminho e o trabalho
Que Oxalá me concedeu
E é por isso que, serena,
A minha alma adormeceu


 52.
Quando as ondas brancas vem rolar na areia
Eu sinto saudades da minha mãe sereia
E quando na Umbanda
Eu canto pra Yemanjá
Eu sinto saudades das águas rolando o mar
Odoiá minha mãe Yemanjá
Odoiá sereia do mar.


 53.
A Rainha das Ondas é tão bela
Como bela nos campos é a flor
Salve Ogum Beira Mar, seu guerreiro
Ela é a Rainha do Amor
Salve, salve Yemanjá no terreiro
Salve os campos do seu jacutá
Salve Ogum Beira Mar, seu guerreiro
Ela é a Rainha do Mar


 54.
Ela vem beirando o mar
Oi, ela vem berando a areia
Saravá a mamãe Yemanjá
Saravá a sua aldeia


Subida


 1.
A onda do mar rolou 4x
Os filhos de Yemanjá
A onda do mar levou


 2.
A marola do mar vai levando
Yemanjá é quem vai navegando
A marola do mar vai levando
E seus filhos ela vai deixando


 3.
A onda que te trouxe
É que te leva para o mar
Auê, auê, auê Yemanjá
Vai com a onda vai
Vai com a onda vem
Vai com a onda vai
Que com a onda eu vou também



 CONTO DE AREIA
Toninho Nascimento


É água no mar, é maré cheia oi...
Mareia oi, mareia, é água no mar!
É água no mar, é maré cheia oi...
Mareia oi, mareia
Contam que toda a tristeza que têm na Bahia
Nasceu de uns olhos morenos molhados de mar
Não sei se é conto de areia ou se é fantasia
Que a Luz da Candeia ilumina pra gente contar
Um dia, a morena enfeitada de rosas e rendas
Abriu seu sorriso de moça e pediu pra dançar
A noite emprestou as estrelas bordadas de pratas
E as águas de Amaralina, eram gotas de luar
Era um peito só, cheio de promessa era só
Quem foi ...quem mandou o seu amor
Se fazer de canoeiro
O vento que rola nas palmas
Arrasta o veleiro
E leva pro meio das águas de Yemanjá
E o Mestre Valente vagueia
Olhando pra areia sem poder chegar
Adeus amor
Adeus meu Amor não me espera
Porque eu já vou embora,
Pro reino que esconde os tesouros de minha Senhora,
Desfia colares, conchas pra vida passar
E deixa de olhar pros veleiros
Adeus meu amor eu não vou mais voltar
Foi Beira Mar, foi Beira Mar quem chamou
Foi Beira Mar ê, foi Beira Mar
É água no mar é maré cheia.


A LENDA DAS SEREIAS
Beth Carvalho


Oguntê, Marabô, Caiala e Sobá
Oloxum, Inaê, Janaína e Yemanjá
São rainhas do mar
Mar, misterioso mar, que vem do horizonte
É o berço das sereias, lendário e fascinante
Olha o canto da sereia, que Ialaô, Okê, Ialoá
Em noite de lua cheia, ouço a sereia cantar.
E o luar? E o luar sorrindo
Então se encanta
Com as doces melodias
Os madrigais vão despertar
Ela mora no mar, ela brinca na areia
No balanço das ondas, a paz ela semeia
Ai quem é?
Oguntê, Marabô, Caiala e Sobá
Oloxum, Inaê, Janaína e Yemanjá
Olha o canto da sereia, que Ialaô, Okê, Ialoá
Em noite de lua cheia, ouço a sereia cantar
Ela mora no mar, ela brinca na areia
No balanço das ondas, a paz ela semeia
A paz ela semeia
Oguntê, Marabô, Caiala e Sobá
Oloxum, Inaê, Janaína e Yemanjá
São rainhas do mar

Enquete
Porque visitou esse site?
Essa é a sua crença
Por curiosidade
Para saber mais
Ver Resultados

Rating: 3.2/5 (1123 votos)

ONLINE
2


Partilhe este Site...

ME LEVA COM VOCÊ